11 de September de 2015 Responsabilidade Social

Unilever lança campanha pelo fim do desmatamento


A Unilever anunciou no final de agosto sua campanha pelo fim do desmatamento, que tem como principal objetivo conscientizar as pessoas sobre a importância de preservar as florestas para combater as mudanças climáticas. Como parte da campanha, a Companhia, em parceria com o WWF (World Wide Fund for Nature), irá proteger um milhão de árvores no Brasil e na Indonésia.

A ação faz parte do posicionamento da Unilever por um Futuro Melhor, iniciativa de longo prazo que tem como objetivo inspirar a sociedade a mudar seus hábitos e colaborar com um futuro melhor para as próximas gerações.
A proteção às árvores será realizada a partir do engajamento dos consumidores por meio da assinatura de um compromisso pelo clima no website da campanha.

"Proteger as florestas é uma das maneiras mais eficazes de deter as mudanças climáticas, ainda mais em um cenário em que nossas áreas florestais estão sendo extintas a uma taxa mais rápida do que nunca – mais da metade das florestas do planeta foi destruída nos últimos trezentos anos. Esta parceria é um primeiro passo para um trabalho de conscientização e mobilização para o fim do desmatamento, e estamos comprometidos com essa iniciativa", afirma Juliana Carvalho, diretora de marketing da Unilever.

A campanha está totalmente inserida na estratégia de sustentabilidade da Unilever, que tem como visão dobrar o tamanho do seu negócio, enquanto reduz sua pegada ambiental e aumenta o impacto positivo na sociedade. "Nós temos o compromisso de adquirir 100% das nossas matérias-primas agrícolas de fontes sustentáveis até 2020, - já atingimos 55% - contribuindo positivamente para zerar o desmatamento na nossa cadeia produtiva", adiciona a diretora.

A Unilever também foi uma das líderes do setor privado por trás do desenvolvimento da Declaração de Nova Iorque sobre as Florestas, que estabeleceu um compromisso entre governos, empresas e sociedade civil em reduzir o desmatamento e restaurar terras degradadas. Paul Polman, CEO da Companhia, tem estabelecido um trabalho ativo entre empresários e governos para uma agenda sustentável que possa ser assumida por toda a sociedade.

Notícias Relacionadas