10 de August de 2020 Destaque Central

Natura investe na startup de beleza Singu


A Natura &Co, grupo que compõe Avon, Natura, The Body Shop e Aesop, anuncia que sua subsidiária Natura está dando mais um passo decisivo em sua já bem-sucedida jornada digital ao investir na Singu, plataforma digital brasileira líder em serviços de beleza em domicílio.

A ideia é fornecer a milhares de Consultoras de Beleza Natura, atualmente na marca dos 4,6 milhões, a oportunidade de gerar mais renda, permitindo que ofereçam por meio da plataforma serviços como de maquiadora, cabeleireira, manicure, entre outros. Pelo acordo, a Natura tem o direito de adquirir 100% da Singu.
São 3 mil profissionais de beleza cadastrados na startup e a Natura vê potencial para centenas de milhares de novos cadastros.

"O investimento na Singu abre uma nova avenida de serviços em nossa jornada digital, que fortalecerá ainda mais a relação entre as consultoras de beleza e suas clientes", afirma João Paulo Ferreira, CEO de Natura &Co América Latina.

"Estamos avaliando a melhor forma de ampliar as soluções digitais em nosso modelo de negócios para proporcionar as melhores experiências de consumo e conexão com os nossos produtos, serviços e propósitos, por meio da combinação da venda direta tradicional com os meios online, como a plataforma desenvolvida pela Singu."

A pandemia ensinou às consumidoras que a tarde de beleza no salão pode ser em casa, com as melhores amigas. E a Natura entende que essa compreensão é irreversível. Tudo hoje chega na mão do cliente. Não haveria motivo para ser diferente com a beleza. "

Tallis Gomes, fundador da Singu diz: "Adicionalmente, a Singu poderá expandir rapidamente sua base de clientes e profissionais de beleza. "A plataforma da Singu utiliza-se da tecnologia para promover inovação e empreendedorismo, estimulando o progresso social e está bem alinhado com o propósito da Natura. No futuro, podemos expandir a oferta para incluir novos serviços, marcas e produtos".

A companhia terá opção de assumir 100% do negócio no futuro.

O valor da transação não foi revelado.