21 de September de 2020 Legislação

Colômbia proíbe teste de produtos cosméticos em animais


A Colômbia proibiu recentemente testes cosméticos em animais por meio de uma lei sancionada pelo presidente Iván Duque que também restringe a importação e comercialização desses produtos.

Com a medida, a Colômbia é um dos quase quarenta países do mundo, incluindo Brasil, Reino Unido, Nova Zelândia e Israel, que encerraram o uso de animais em testes cosméticos.

A Lei 2.047 é de 10 de agosto de 2020 e proíbe na Colômbia a experimentação, importação, fabricação e comercialização de produtos cosméticos, seus ingredientes ou combinações deles que sejam submetidos a testes com animais.

Para garantir o cumprimento da lei, que entrará em vigor em quatro anos, o Governo vai criar incentivos ao reforço dos laboratórios e instituições de pesquisa nacionais “que desenvolvam e apliquem modelos alternativos para evitar a utilização de testes em animais nesta indústria”.

A organização internacional Animal Defenders destacou a medida como uma “vitória” que impactará os demais países da Aliança do Pacífico: Chile, México e Peru.

Notícias Relacionadas